segunda-feira, 30 de abril de 2007

E agora apresentamos... ISABEL MONTELLANO!










Sou extrovertida, gosto de falar e de falar de mim.
Quando tinha os meus dez, onze anos, queria ser escritora. E, de facto, muito escrevinhei em cadernos, em folhas soltas, em bilhetinhos.



















Depois, comecei a cantar no Coro de Santo Amaro de Oeiras. Era contralto e, à força de puxar pela voz, fiquei com nódulos nas cordas vocais.











Mais lá para o fim da adolescência, o Xico Zé disse-me: "Porque é que não vais para o teatro?"
















Foi como se uma janela muito grande se abrisse à frente dos meus olhos.















Inscrevi-me no Conservatório, onde um curso novo de Formação de Actores (uma "experiência pedagógica" dirigida pelo Mário Barradas) estava nos primórdios. Quase a acabar o terceiro e último ano, pimba, o 25 de Abril. Final do ano na mais total confusão.









Ainda cheguei a ir para o Alentejo com o João Lagarto, entre outros meus colegas, a convite do mesmo Mário Barradas, que ia fundar o Centro Cultural de Évora. Mas só lá fiquei quatro ou cinco dias. Por razões que não vêm agora ao caso, cortei-me de assinar o contrato e voltei para Oeiras.
(Continua...)

10 comentários:

bikini disse...

és mesmo do teatro,adorei e espero mais!

bijagós disse...

A tua espera não será em vão! Obrigada, boa amiga!

expressodalinha disse...

Estou a gostar, embora me sinta "razão que não vem ao caso". É bem feita. Eu mereço!

Al Kantara disse...

Retrato da artista quando jovem... Aguardo com expectativa novos desenvolvimentos.

Joaninha disse...

Elaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! :] Grande e linda Isabel!

caxemira disse...

...e depois?
Gosto das fotos pintadas,foi para dar um arzinho de séc.xx1? As originais tb. são giras!

bikini disse...

lembras uma actriz americana,na quarta foto,não digo o nome para
ver se alguém concorda

Mil sorrisos disse...

Fantástico!!! Melhor parece-me impossível! Adorei os retratos, o texto, tudo. És a maior prima!

astracan disse...

Isabel, bem, quero dizer, hum... olha, ééé: original, arrojado, engraçado e colorido.
Tenho dito. P'ra já.

particula-RG disse...

Fiquei encantada com este post!
Um beijinho grande