domingo, 13 de maio de 2007

O TEATRO

Quando se fala em Arte existe a tendência de alguns de acharem que determinada arte é mais... do que as outras.
Acontece em Musica, Cinema, Literatura, etc
De certo modo é natural já que cada Arte tem as suas características, mas ao mesmo tempo irrita um bocadinho quando a coisa fica assim no ar..
Então eu pergunto, e por acaso não é uma provocação, é só uma tentativa de me enriquecer com ideias em que nunca tenha pensado: Porque é que o Teatro " mais completamente do que qualquer outra, dá a medida do génio humano."?
(ver posts anteriores)

2 comentários:

expressodalinha disse...

O teatro é muito directo e imediatista. Não permite muita reflexão (pelo menos em termos de grande público). Talvez pelo seu nível de exposição e de entrega dê essa medida de génio.Agora daí a ser a arte que mais dá tal medida, não estou de acordo.
O que é de relevar no teatro é que é, sem dúvida, a arte que mais tem sido objecto de censura ou mesmo interdição. Os regimes ditatoriais ou absolutistas receiam o teatro mais do que qualquer outra arte.Basta pensar em António José da Silva, o "Judeu",cujas peças eram apenas ligeiramente satíricas e cujo destino foi a fogueira.

bijagós disse...

Faço minhas as palavras do expressodalinha. Acho apenas que, para além do nível de exposição e de entrega imediata e directa (ao contrário do cinema, por exemplo), não podemos esquecer que nos vem do "mais longínquo passado". É por essa linha de continuidade, talvez, que o autor do excerto fala da "medida do génio humano".