quinta-feira, 19 de julho de 2007

Férias, longe da luz sular


Também o são, e não é preciso protector.
Basta munirmo-nos de amor e referências,
passado comum, estão a ver?
.
...E a vida atravessa-nos, trespassando a nossa eternidade!
.
.
Amesterdão, Março de 2006

4 comentários:

Amora Branca disse...

Parecem-me umas férias muito boas!

astracan disse...

1977, klovebviersburghval, lá morei, ou pernoitei uma série de noites melhor me exprimindo, uma cidade very free... and easy...

tiagum disse...

sem duvida, uma das mais belas cidades europeias! opinião pessoal claro!

bikini disse...

pois está lá tudo na imagem, a luz sular, o passado comum ou não, o amor e a própria eternidade.
Não estou a inventar, é para isso que serve a simbologia, agora cada um leia como quiser (os símbolos claro!)