quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Filomena Moretti interpreta Albeniz - Asturias

Uma excelente interpretação de uma grande guitarrista italiana, discípula de Ruggero Chiesa. 6 estrelas!!!

14 comentários:

caxemira disse...

Lindo!...por certo foi também aluna de Mestre J.P.!!!

Al Kantara disse...

lol lol lol... :)
Se o JP tivesse tido uma mestra assim... talvez tocasse alguma coisinha que se visse...

Carambesi disse...

Jeitosa, sim senhor!... Mas nada comparado com a versão e interpretação dos incontornáveis Portas!

Al Kantara disse...

Carambesi : Importas-te de explicitar ? É que Portas há muitos, incontornáveis alguns, mas não me ocorre de momento nenhuma interpretação dos ditos cujos...

testes disse...

Apanhei um "fartote" desta m�sica quando o meu irm�o estudava viola cl�ssica na Academia dos Amadores de M�sica...

expressodalinha disse...

Convirá dizer que o Albeniz era pianista e que as transcrições para guitarra foram de Segovia.
A miúda ajeita-se!Mas gosto mais da versão dos Doors.

Al Kantara disse...

Aaaaaaah!!!Os Portas... Agora percebi!... Peço desculpa mas eu não sou tão culto nem tão antigo.
E mesmo que fosse, prefiro a Moretti ao Morrison. São gostos...

Al Kantara disse...

Expresso da Linha: Julgo saber que a transcrição original para guitarra foi feita por Francisco Tárrega e não por Segóvia.

goa disse...

tanta erudição até me faz confusão... ai rimei... que engraçado!

goa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Al Kantara disse...

Cara Goa : Erudição seria saber a que horas é que o Tárrega fez a transcrição...

astracan disse...

para a minha erudição achei fantástica! a espaços até me caíu o queixo(depois apanhei-o e está tudo bem, sério), para aprendiz é o máximo! Estou sempre aberto a novos máximos. Obrigado al kantara

expressodalinha disse...

Tá bem, pode ter isso esse, mas eu gosto mais do Segovia... e do Portas!

Amora Branca disse...

Escolhes sempre boa música...e para todos os gostos, segundo parece ;)