quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Bem abertas


Para a Carmo























Sim, eu poderia abrir as portas que dão pra dentro
percorrer correndo os corredores em silêncio
Perder as paredes aparentes do edifício
Penetrar no labirinto
O labirinto de labirintos
Dentro do apartamento
Sim, eu poderia procurar por dentro a casa
Cruzar uma por uma as sete portas,
as sete moradas
na sala receber o beijo frio em minha boca
Beijo de uma deusa morta Deus morto,
fêmea de língua gelada
Língua gelada como nada
Sim, eu poderia em cada quarto rever a mobília
Em cada um matar um membro da família
Até que a plenitude e a morte coincidissem um dia
O que aconteceria de qualquer jeito
Mas eu prefiro abrir as janelas pra que entrem todos os insectos

(Letra: Janelas Abertas nº2 de Chico Buarque/ Fotografia: David La Chapelle)

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Para que servem os Centros Comerciais?


Para pensar, claro!...ou achavam que era para comprar presentes?

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Campanha contra a pobreza







Cliquem nas fotos porque é importante ler os textos



quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Entretenimento felino
























À força de tanto me fazer companhia enquanto estou no computador acho que o meu gato Zen começa a aderir à Net!
Olha para os movimentos da setinha que desliza no ecrã durante minutos a fio, faz festas ao monitor e ocasionalmente adormece sentado enquanto ronrona sob a luz do ecrã... será que o meu gato é um cybergato?!

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

PARTILHAR

"Sim" de Sally Portter, podem alugar e ver em casa.

Não é pacífico no sentido em que nos faz pensar (o que nem sempre apetece).

Não é americano.

É um romance, apesar de ser muitas outras coisas.

Gostei.

















terça-feira, 20 de novembro de 2007

Tapa na pantera

Sim, isto é ficção... não experimentem isto em casa!

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

SALVAR


Parece que hoje é preciso salvar alguém?
Quem é que vocês salvam?
Ai, mas por favor não chorem!

domingo, 18 de novembro de 2007

Parar
























corpo
que te seja leve o peso das estrelas
e de tua boca irrompa a inocência nua
dum lírio cuje o caule se estende e
ramifica para lá dos alicerces da casa

(Excerto de poema de Al Berto incluído na colectânea O Medo, Assírio&Alvim)

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Concerto dos Pendragon na Aula Magna



PENDRAGON
17 NOV 21h30 AULA MAGNA


Passados cerca de dez anos depois da última vez que pisaram palcos portugueses, os britânicos Pendragon, veteranos do rock progressivo, regressam a Portugal para um concerto único e exclusivo na Aula Magna, numa altura em que se espera o próximo álbum do grupo.

Os Pendragon começaram em Stroud, Gloucestershire, Inglaterra, em 1978, quando quatro jovens amigos se juntaram para formar uma banda. No primeiro concerto fizeram estrondo e começou, assim, o culto de uma audiência composta, sobretudo, por amantes do rock sinfónico e progressivo. No início, foram a banda de suporte dos Marillion em muitos concertos, até à edição do primeiro álbum “The Jewel”.

Em 2007, o grupo celebrou o 21º aniversário de “The Jewel”, com o lançamento do DVD “Past and Presence” que contou com a participação de muitos músicos e mostra claramente como esta banda consegue agitar, envolver e marcar pontos há mais de 28 anos.

Para conhecer melhor a música dos Pendragon poderá aceder aqui ao MySpace do grupo.


Constituição da banda

Nick Barrett, Guitarra e Voz
Clive Nolan, Teclas e Voz
Peter Gee, Baixo e Voz
Joe Crabtree, Bateria

Site oficial

http://www.pendragon.mu


Bilhetes

Doutorais – 40 €
Primeiro Anfiteatro – 35 €
Segundo Anfiteatro – 32 €
À venda na Ticketline (www.ticketline.pt ou através do número para reservas 707 234 234), FNAC (www.fnac.pt), Worten (www.worten.pt), Bulhosa (Oeiras Parque), Bliss e Lojas Abreu.


Organização e Informações

Ecosmusicais – Lda.
Praceta António de Sousa, nº 10 – 1º Dtº. Murganhal
2760-144 - Caxias
Tlm.: +351 969 706 539

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Colóquio sobre Nova Oeiras

Organizado pela AMNO – Associação de Moradores de Nova Oeiras, vai realizar-se no dia 17/11/07, pelas 15h, no Auditório do Centro Paroquial de Nova Oeiras o Colóquio "Nova Oeiras Património Moderno Para um Futuro Sustentável".
O Colóquio contará com a participação do Presidente da CMO, Dr. Isaltino de Morais e dos arquitectos Ana Tostões, Aurora Carapinha, Gonçalo Ribeiro Teles, José Manuel Fernandes, Nuno Portas e Pedro Brandão.
O bairro de Nova Oeiras foi projectado na década de 1950 e é um dos exemplos de urbanismo do movimento moderno mais emblemático a nível nacional e europeu.
Uma obra referencial do urbanismo e da arquitectura paisagista, claramente influenciada pelo modelo da "cidade-jardim" preconizado por Le Corbusier.
O plano inicial de Nova Oeiras foi dos arquitectos Cristino da Silva e Falcão e Cunha e do arquitecto paisagista Gonçalo Ribeiro Teles, desenvolvendo-se por uma área de cerca de 13 hectares.
No momento em que se implanta no concelho de Oeiras a carta de princípios da Agenda XXI, surgem novos paradigmas urbanísticos e colocam-se novos desafios a um bairro com as características de Nova Oeiras. Desafios que passam pelos novos conteúdos culturais que dinamizem os lugares, bem como pelas questões ambientais que ganham acentuado relevo.
O Colóquio pretende ser a rampa de lançamento para uma reflexão aprofundada sobre:
- Qual o papel do património de Nova Oeiras numa cidade "sustentável", de acordo com os princípios da Agenda XXI;
- Qual o papel dos agentes locais na concretização de um "urbanismo vivo" integrado e participativo, do qual a "unidade bairro" é elemento essencial.
Os arquitectos do movimento moderno acreditavam que "uma boa arquitectura/urbanismo gerava a felicidade das suas comunidades". É esse espírito que se pretende relançar, no quadro dos novos desafios culturais e ambientais.
Entrada livre.
Informações: amnovaoeiras@sapo.pt
www.novaoeiras.com

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Tons d'Alma a Voar em Plenitude







O Dueto Tons d'Alma no espectáculo "Voar em Plenitude",realizado no passado dia 2 de Novembro no Fórum Cultural do Seixal...


Zi Plátano "llena de pasión"...



Ana Rá com a serenidade de quem voou em plenitude...













O dueto Tons d'Alma fará um recital proximamente na Igreja de S. Domingos de Rana.
Este blog, atento, dará notícias...

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Este Caetano põe-me os pelos em pé!

Caetano Veloso e Almodovár... que combinação! Para terminar a semana em beleza...

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Para ver, rever ou simplesmente ouvir...






















Amanhã, no Museu do Neorealismo em Vila Franca realiza-se o último recital de canto e piano com Maria João Sousa (soprano) e Marta Manuel (piano).
Apresentando um programa que já passou por Lisboa, na Livraria Ler Devagar/Eterno Retorno e Évora, no Convento do Carmo chega agora a vez de Vila Franca acolher esta calorosa apresentação e interpretação de obras de Poulenc, Berlioz e Rossini.
Um recital diferente e entusiasmante!


Para ver/rever: dia 8 de Novembro,19h - Museu do Neorealismo (Vila Franca)

ou simplesmente ouvir


Transmissão directa na Antena 2 (94.4 fm)

segunda-feira, 5 de novembro de 2007



Aqui não há raio verde



apenas quietude petrificada.

sábado, 3 de novembro de 2007

GARANTO QUE VALEU A PENA!



...ter ido ao Fórum Cultural do Seixal para ver VOAR EM PLENITUDE" um trabalho da autoria do DUETO TONS D’ALMA -Zi Plátano – Cantora e Letrista e Ana Rá – Pianista e Compositora.
Elas vão andar por aí e nós anunciamos.
Se quiserem sentir a alma mais leve não percam da próxima vez.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Sou um crente narcisista
mas não sei,


por trás do espelho, quem está
de olhos fixados nos meus?


Alguém que passou por cá,
e seguiu ao Deus dará,


tornando os seus olhos, meus.