terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Utopia e Poesia

 Utopia de Zeca Afonso

"É aquilo que eu imaginei que pudesse ser uma sociedade, como se costuma dizer, sem oprimidos e sem opressores. Mas creio que essa utopia pode efectivamente concretizar-se."



Cantiga dos Ais de Armindo Mendes de Carvalho por 
Mário Viegas 


Nada é impossivel de mudar de Bertolt Brecht por António Abujamra


2 comentários:

Anónimo disse...

Ai! Que seca é esse gajo

Anónimo disse...

Todas as secas sejam estas!!!!